Produtores de cachaça de Santa Catarina venceram o Concurso Mundial de Bruxelas - Spirits Selection, a maior premiação de bebidas destiladas do mundo. De Santa Catarina, foram enviados 26 rótulos, com a participação de 13 alambiques. Dos 44 rótulos premiados no concurso, 12 são catarinenses.

A Cachaça do Conde, da cidade de Orleans, no sul, está entre as duas destilarias catarinenses que conquistaram a categoria máxima. O proprietário, Henrique Perin Orben, apostou na cachaça envelhecida em madeira de Amburana. “É uma das que eu mais recomendo, não tem erro. Acredito que vencemos porque sempre nos dedicamos diariamente, desde a cana até o processo de armazenamento. Essa premiação também é fruto do apoio do Sebrae/SC, porque sozinhos não conseguiríamos chegar lá. É um reconhecimento pelo nosso trabalho e valoriza muito a nossa venda”, afirma.

Há um projeto de profissionalização e qualidade do setor realizado pelo Sebrae/SC em parceria com a Associação Catarinense de Produtores de Cachaça e Aguardente de Qualidade (ACAPACQ). Dez pequenos produtores de cachaça que fazem parte do projeto conquistaram prêmios nas categorias Prata, Ouro e Grand Ouro.

A cachaçaria Cafundó da Serra, localizada em Lauro Muller, conquistou dois prêmios no concurso, nas categorias Grand Ouro e Ouro, concorrendo com as cachaças prata e a ouro envelhecida em barril de carvalho francês.

Confira a lista completa das cachaças catarinenses premiadas:

Grand Ouro

Cachaça do Conde (Orleans)

Cafundó da Serra (Lauro Muller)

Ouro

Destilaria Rech (Luiz Alves)

Pinoco’s Cachaça (Gaspar)

Engenho Borghezan (Grão-Pará)

Cafundó da Serra (Lauro Muller)

Cachaçaria Moendão (Gaspar)

Cachaça Bylaardt (Luiz Alves)

Prata

Xanadu Bebidas Premium (Blumenau)

Pinoco\'s Cachaça (Gaspar)

Cachaça Imigrante (Pedras Grandes)

Cachaça Refazenda (Xanxerê)

 

NSCTOTAL