Os bairros mais atingidos pelo temporal foram Vila Esperança, Tributo, Cristal e Várzea. Muitos pontos de alagamentos também nos bairros Guarujá, Vila Esperança e São Vicente

O céu escuro, calor, com nuvens carregadas e trovões, anunciava que o início da tarde deste sábado (12 de dezembro) seria de temporal. A forte chuva que caiu por volta das 14h e durou aproximadamente 1 hora trouxe transtornos como destelhamentos de residências e pontos de alagamentos em Lages.

As equipes da Defesa Civil Municipal, órgão da Prefeitura de Lages, atenderam, até o final da tarde, cerca de 12 chamados. A maioria das ocorrências é de destelhamentos, os quais foram socorridos com o fornecimento de lonas. Os bairros mais atingidos pelo temporal foram Vila Esperança, Tributo, Cristal e Várzea.

Muitos pontos de alagamentos também nos bairros Guarujá, Vila Esperança e São Vicente. “Estamos prontos e preparados para atender a população e ajudar quem mais precisa nestes momentos de angústia. Temporais muitas vezes pega as pessoas de surpresa e nem sempre estão preparadas”, comenta o secretário executivo da Defesa Civil, Luiz Henrique de Souza.

 

 

Texto: Aline Tives

Fotos: Divulgação/Defesa Civil