Em pronunciamento nesta quarta-feira (10) durante a instalação da Comissão Mista do Orçamento, a deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) defendeu a responsabilidade do Congresso Nacional para buscar recursos para a retomada do auxílio emergencial e para atender à área da saúde. 

“Embora esteja sendo instalada tardiamente, esta comissão precisa encontrar urgentemente uma saída que viabilize a recriação do auxílio emergencial, fundamental para movimentar a economia e para a subsistência da população empobrecida”, conclamou.

A relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19 também manifestou preocupação com a escassez de verbas para atender à emergência sanitária de saúde, cujo maior problema enfrentado pelos municípios, neste momento, é a “gravíssima” falta de leitos, principalmente de UTI, para atender aos pacientes acometidos da Covid-19.

A deputada catarinense lembrou que os recursos que foram destinados este ano para o setor são insuficientes para atender, além da pandemia, a grande demanda por atendimento que foi represada em 2020. “Este colegiado precisa enfrentar o desafio de trabalhar pensando em dois orçamentos para um ano. Um simples de Raio-X não está sendo feito, os pacientes com câncer não estão recebendo tratamento, o mesmo está acontecendo com os que precisam fazer hemodiálise. Só para a atenção básica, o SUS vai precisar de mais de R$ 1 bilhão”, alertou Carmen.

Vacinas

No final da fala, a parlamentar, que faz parte da CMO, pediu mais atenção para o setor de ciência e tecnologia, que, mesmo com a pandemia, sofre forte contingenciamento de recursos.

“Esta crise tem mostrado o quanto faz falta a autonomia científica. É necessário fortalecer a pesquisa, a indústria nacional, para não precisarmos importar um simples equipamento de proteção e insumos para a fabricação de vacinas”, afirmou.

Manifesto

A deputada Carmen também assinou o Manifesto em Defesa do Auxílio Emergencial e de um Programa de Renda Mínima lançado em ato público nesta quarta-feira no salão verde da Câmara dos Deputados e promovido pela Frente Parlamentar Mista de Renda Básica do Congresso Nacional.

 

Fotos: Gustavo Sale/Câmara dos Deputados