Preocupados com os constantes acidentes que ocorrem na Av. Belisário Ramos que resultam em carros dentro do Rio Carahá, o Núcleo de Engenharia e Arquitetura (NEA) da Associação Empresarial de Lages convidou o deputado Marcius Machado e o presidente da Câmara de Vereadores, Gerson Omar dos Santos, para uma reunião realizada na noite desta quinta-feira, 11 de fevereiro, na ACIL. No encontro os membros do núcleo demonstraram sua preocupação com a situação e apresentaram um pré-projeto de revitalização da Av. Belisário Ramos, com a finalidade de diminuir os riscos de carros caírem no rio.

O coordenador do NEA, Denys Krzizanowski, explicou que não existem pontos específicos que sejam mais perigosos e que os acidentes ocorrem por imprudência dos motoristas. “A gente não está procurando problema. Sabemos o que está acontecendo e queremos propor uma solução. Nossa intenção é nos unir com diversas entidades e lideranças para criar algo que concilie ciclovia, passagem de pedestres e, principalmente, segurança”, acrescentou.

De acordo com o presidente da Câmara de Vereadores, é preciso união para achar soluções importantes para contornar este problema e que qualquer coisa que se faça para manter a segurança e preservar uma vida é importante. “Somos parceiros para elaborar o projeto e na busca de recursos. O que a gente puder contribuir para esse projeto, podem contar conosco”, destacou ele.

O deputado Marcius Machado se mostrou entusiasmado com a proposta apresentada e sugeriu que o núcleo apresente este projeto para a deputada Carmen Zanotto e a convide para unir forças a este propósito. Segundo ele, as emendas federais são indicadas somente após aprovadas, o que acontece agora em fevereiro, então a deputada talvez possa destinar algum recurso para esse projeto nesse momento. “A nível estadual, as emendas devem ser indicadas assim que são apresentadas, então para 2021 não tenho mais emendas disponíveis, mas para 2022 eu tenho recursos e vou colocar sim, o que eu puder eu farei”, declarou ele que colocou sua equipe de engenharia a disposição para contribuir no projeto e se comprometeu em buscar recursos, “serei parceiro para contribuir por Lages”, finalizou. Fabiano Ventura dos Santos, presidente do Sinduscon, também colocou o sindicato à disposição para colaborar nesse projeto.