Passo importante para implantação da usina de asfalto com gestão compartilhada entre os municípios da Serra Catarinense foi dado nesta segunda-feira (15), em Florianópolis. O governador Carlos Moisés da Silva autorizou o processo de liberação de R$ 1,2 milhões para complementar os recursos, para aquisição da usina que permitirá aos municípios executar asfaltamento com custo reduzido de até 40%.

 

O presidente do Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense – Cisama, prefeito de Cerro Negro, Ademilson Conrado entregou o pedido de contrapartida ao governador. A agenda foi construída pela deputada estadual Ana Paula da Silva, a Paulinha, que acompanhou a reunião.

 

Participaram também do ato, o secretário executivo da Amures Walter Manfroi, o diretor executivo do Cisama Selênio Sartori e o secretário adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli. “A implantação da usina de asfalto em cooperação com as prefeituras, objetiva o desenvolvimento de programas e projetos voltados aos interesses da região”, justificou ao governador, o presidente do Cisama.

 

O ofício entregue ao governador aponta que, através do Cisama se buscou junto ao Ministério da Integração Nacional, recursos da ordem de R$ 2.475.000,00, viabilizados por indicação do senador Dário Berger, com contrapartida dos municípios consorciados na ordem de R$ 1.237.500,00, para implantação de uma usina de asfalto.

 

A deputada federal Carmen Zanotto vem acompanhando com os prefeitos, o convênio n° 881834/2018, que empenhou os recursos federais para aquisição da usina. A licitação da unidade de processamento asfáltico foi realizada pelo Cisama, ano passado e falta apenas a liberação da contrapartida para a definitiva aquisição da estrutura.

 

Além do sinal verde do governador com os recursos da contrapartida, poderá ser firmada parceria no Programa Recuperar, através do Cisama.