Com 62 pés a maior plataforma de corte usada em colheitadeiras de grãos do mundo é genuinamente lageana, fabricada pela empresa GTS do Brasil, indústria de Máquinas e Implementos Agrícolas.

 

 

 

A plataforma já está em linha de produção, sendo a mais nova da linha Flexer®? XS. Nessa linha de produtos estão disponíveis os tamanhos de plataforma de 25, 30, 35, 40, 45 e 50, e agora 55 e 62 pés. Tudo para suprir a demanda da agricultura e pecuária no Brasil, que esse ano deve atingir o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP), de R$ 1 Trilhão, dados estimados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 

 

 

Para se ter uma ideia do tamanho da plataforma, daria para colocar 9 carros populares um ao lado do outro, a julgar que um carro popular tem 2 metros de largura e a plataforma tem 19,2m. O diretor-presidente da GTS do Brasil, Assis Strasser, informou que a Flexer®? XS 62 é capaz de colher em condições normais de operação até 120 hectares por dia, o que representa mais de 500 toneladas de grãos em um único dia de trabalho. A capacidade máxima estimada em condições perfeitas de trabalho seria de mais de 1000 toneladas de grãos em 1 dia, ou seja, ela otimiza tempo, reduz consumo de combustível por área colhida gerando maior rentabilidade ao produtor rural.

 

 

 

Crescimento

 

 

 

Mesmo em plena pandemia, o setor foi um dos que mais cresceu e a empresa GTS do Brasil é a prova de que o mercado está aquecido, a empresa cresceu 46% em 2020 e a estimativa para esse ano é de mais 28%.

 

 

 

Com um otimismo contagiante, Assis Strasser comenta que Lages tem um grande potencial de desenvolvimento e que em época de crise o melhor para sair dela é o trabalho. “Temos que ter criatividade e inovação, quero ver a cidade de Lages se desenvolver. Para a GTS não há crise e sim oportunidade, respeito e acima de tudo muito trabalho”.

 

 

 

GTS

 

 

 

A empresa completou 20 anos recentemente, nasceu de um sonho para melhorar a realidade de quem vive o dia a dia da lavoura e hoje traz através da tecnologia, soluções e o aprimoramento da agricultura brasileira e mundial.

 

 

 

Além das plataformas de corte, seu portfólio de produtos contempla uma ampla linha de plataformas de colheita para milho, carretas para transporte de grãos e fertilizantes, descompactadores de solo, plainas niveladoras de arrasto e semeadoras.

 

 

 

Com 360 colaboradores em duas unidades fabris, em breve serão construídas mais duas plantas totalizando quatro unidades na cidade de Lages/SC. O empresário Assis, ainda informa que a GTS estará abrindo uma filial nos EUA na cidade de Chicago, cidade às margens do lago Michigan, em Illinois, é uma das maiores cidades dos EUA e que mantém o seu status como um importante polo para a indústria de transporte e infraestrutura.

 

 

 

A GTS carrega em sua história o êxito de já ter sido eleita a 7ª melhor empresa do Brasil entre as 500 maiores, carregando o DNA lageano e acima de tudo a coragem e persistência de um empreendedor visionário que tem como lema, “Pense grande e será grande”.

 

 

 

--

 

 

www.crismenegon.com.br