_“O Poder Público jamais deixará a sua gente a mercê dos riscos de um frio tão tenebroso como este que está prestes a atingir novamente a região, mas com maior intensidade, como apontam as previsões atualizadas e oficiais. Nossos servidores já estão todos a postos, cientes de seu compromisso e nossos abrigos estão todos completamente aparelhados. Um prato de alimento e uma cama quente e aconchegante não vão faltar para aquelas pessoas que infelizmente não tem um lar, mas que estão sempre em nossas orações.” - Antonio Ceron

 

 

 

A partir das 18h desta terça-feira (27 de julho) até a sexta-feira (30), Lages terá atenção redobrada sobre seus habitantes mais suscetíveis aos efeitos do clima gelado. A equipe da Secretaria da Assistência Social e Habitação será triplicada ao longo destes quatro dias e plantões de urgência foram implantados para receber, simultaneamente, os apelos das pessoas em situação de rua com necessidade de acolhimento.

 

 

 

*Operação Especial*

 

 

 

Com a finalidade de proteger a população mais vulnerável ao clima, a prefeitura de Lages, por intermédio da Secretaria da Assistência Social e Habitação, e da Defesa Civil (Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil - Comupdec), preparou uma operação excepcional de atendimento e resgate de pessoas suscetíveis aos perigos do frio, como a hipotermia e doenças respiratórias, como resfriados e pneumonia.

 

 

 

O prefeito Antonio Ceron cumpriu agenda em Florianópolis na segunda-feira (27), onde estava a trabalho administrativo, também nesta terça-feira (28) e, preocupado com a situação conjecturada pelos meteorologistas, esteve em contato telefônico com o secretário Jean Pierre Ezequiel, no final da tarde desta segunda, o qual antecipou as medidas de amparo à população de Lages, avalizadas pelo chefe do Poder Executivo. “O Poder Público jamais deixará a sua gente a mercê dos riscos de um frio tão tenebroso como este que está prestes a atingir novamente a região, mas com maior intensidade, como apontam as previsões atualizadas e oficiais. Nossos servidores já estão todos a postos, cientes de seu compromisso e nossos abrigos estão todos completamente aparelhados. Um prato de alimento e uma cama quente e aconchegante não vão faltar para aquelas pessoas que infelizmente não tem um lar, mas que estão sempre em nossas orações”, observa o prefeito Antonio Ceron.

 

 

 

*Acolhimento Temporário*

 

 

 

O Acolhimento Temporário, situado no bairro Centenário, irá ampliar sua capacidade de abrigo de pessoas, de 60 para 70, com funcionamento das 16h às 7h, como já acontece, com pernoite e oferta de refeições quentes, banho, cama com cobertores e acomodações com televisão. Normalmente, abre suas portas de domingo a domingo.

 

 

 

*Acolhimeno POP*

 

 

 

Outras dez vagas serão abertas no Acolhimento POP, instalado na rua Frei Gabriel, local em funcionamento 24 horas por dia, todos os dias da semana, com disponibilização de pernoite, refeições, banho, cama e cômodos confortáveis para descanso e atividades. Portanto, haverá um reforço de 20 vagas.

 

 

 

*Distribuição de lenha*

 

 

 

Será reforçada a distribuição de lenhas às famílias vulneráveis econômica e socialmente, mediante contato telefônico com um dos canais abertos, em que os técnicos se deslocarão até o local para verificar a situação e fazer a entrega. As linhas telefônicas de suporte receberam um acréscimo de número para acionamentos e equipes ficarão 24 horas à disposição dos chamados: 3019-7460 (de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h, e agora em regime de plantão a partir das 18h, até a meia-noite); 98406-2980 (sempre 24 horas), e 98427-9825 (nova linha 24 horas).

 

 

 

“Durante o ano inteiro nossos serviços recebem inúmeras pessoas com histórias de vida que nos emocionam e nos fazem refletir sobre o privilégio de estar vivos e bem acalentados. Nada mais justo do que, em um panorama como o que está se desenhando para os dias seguintes, abrir nossos braços para reafirmar a dignidade e a cidadania destas pessoas com o ato de resgatá-las com todo o respeito que merecem”, avalia o secretário Jean Pierre Ezequiel.

 

 

 

*Defesa Civil*

 

 

 

Os números da Defesa Civil irão incrementar a linha de frente das emergências, pelos números 98406-4037 (24 horas por dia, todos os dias da semana, incluindo finais de semana e feriados), 199, 3019-7477 (horário comercial, das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h) e 3019-7479 (horário comercial). Viaturas da Defesa Civil serão cedidas para que seja efetuado o transporte das pessoas em situação de rua até o Acolhimento Temporário em segurança. “Ainda vivemos os dias amargos desta luta contra a pandemia do novo coronavírus, gerador da Covid-19, mais um motivo para nos cuidarmos ainda mais, e cuidarmos de todos os nossos irmãos que estão pelas ruas precisando do nosso socorro. Estaremos lá prontos para ajudar!”, antecipa o secretário executivo da Defesa Civil, João Eduardo da Silva Pacheco (Sargento Pacheco).

 

 

 

Atualmente, o Acolhimento Temporário atende 50 pessoas, enquanto o Acolhimento POP recebe 28 pessoas. Já o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), na rua São Joaquim, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e recebe, em média, 50 pessoas por di para almoço.  Porém, para os demais atendimentos - oferecimento de banho e sala de repouso - são recepcionadas mais de 70 pessoas diariamente. Sua capacidade é para 100. Com enfoque diferenciado dos outros dois serviços, no Centro POP não há pernoite.

 

 

 

*Telefones Plantão Acolhimento:*

 

(49) 3019-7460

 

(49) 98427-9825

 

(49) 98406 2980 (24h)

 

 

 

 

 

Texto: Daniele Mendes de Melo

 

Fotos: Aline Borba