Santa Catarina é o estado brasileiro com maior número proporcional de Câmaras de Dirigentes Lojistas sediadas em mais de 180 municípios e a meta é atingir a marca de 200 entidades até 2013 – só no ano passado foram inauguradas oito. Nas próximas duas semanas estarão em atividade mais quatro unidades em Treze Tílias, Riqueza, Saudades e Tunapólis. Segundo Sergio Medeiros, presidente da Federação das CDLs (FCDL SC), o associativismo entre a classe varejista catarinense traduz-se na unicidade e força do movimento no estado, principalmente nas conquistas já alcançadas. “Mais de 90% da categoria são de micro e pequenos empresários e essa união faz toda a diferença na hora de pleitear ao poder público medidas para o desenvolvimento do segmento”, evidencia.   Neivor José Bussolaro, presidente da CDL de Jaraguá do Sul, reforça a opinião do dirigente lojista e afirma que a associação faz toda a diferença na hora de uma negociação ou reivindicação. “Juntos temos voz e maior credibilidade quando falamos em nome de uma entidade. Isso é muito importante quando vamos tratar com empresas de cartões de crédito, por exemplo, ou defender alguma proposta junto às autoridades”, observa. Entre as conquistas recentes dos comerciantes do estado estão a redução da alíquota da Margem de Valor Agregado (MVA) dos produtos inseridos no regime de substituição tributária para empresas optantes do Simples e o parcelamento do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) decorrente das vendas de fim de ano.   Entre os benefícios de ter um braço cedelista no município estão o oferecimento de cursos, treinamentos e capacitações para os trabalhadores do setor e assessoria aos comerciantes locais. Sobre a integração entre a FCDL e os mais de 32 mil lojistas associados, o presidente Sergio Medeiros destaca a importância da troca de informações e serviços como o banco de dados do SPC. Para este ano, enfatiza que umas das prioridades da entidade é a aceleração da construção da nova sede da federação em Florianópolis. A expectativa é de que a obra fique pronta no primeiro semestre de 2013. Também estão nos planos de 2012 o fortalecimento do projeto Recicla CDL, da participação na campanha Pedágio do Brinquedo e o lançamento de uma nova ação para reforçar a segurança no comércio.   Informações Palavra.com