Como já fez outras vezes no ano passado, empresário Roberto Amaral ofereceu jantar ontem  à noite  (31/01) "à República de Lages na Ilha". Ou seja, tratou de reunir  num mesmo evento todos os lageanos e serranos que ocupam cargos de destaque no Governo do Estado e em  outras instâncias e  poderes. Inteligente,  astuto e estratégico, Amaral sabe que esse povo precisa se aglutinar em torno do nosso líder maior, Raimundo Colombo. E que não  podem  e nem devem  esquecer que se ocupam cargos importantes na esfera estadual, podem e devem ajudar Lages a voltar a se desenvolver com maior velocidade. Em meio às comilanças - regadas a um bom vinho - será que lembraram disso? A intenção é das melhores. Loreno Siega - Revista Visão