Nos próximos dois anos, as empresas de TI (Tecnologia da Informação) que atuam em Lages têm uma demanda de pelo menos 300 novos colaboradores. Apenas uma das 17 empresas que integram o Núcleo de Tecnologia da ACIL (que pediu para não ser divulgada) precisa de 200 novos colaboradores no período. Essa empresa, que é referência na cidade no segmento, pretende instalar nova unidade no município.  O núcleo voltou à ativa nesta semana. E trabalha forte na concretização do projeto do Orion Parque, que dará um grande salto de qualidade para o segmento e mesmo para a economia da cidade quando estiver concretizado. O grande problema do setor é a falta de mão-de-obra disponível e qualificada. Loreno Siega - Assessoria de Imprensa da ACIL