A diretora do jornal Correio Lageano, Isabel Baggio, foi recebida na tarde de 9 de março na Câmara pelo presidente Anilton Freitas (PTB). No encontro o representante maior do Legislativo municipal reforçou a tese da representatividade popular para defender o aumento do número de vereadores para 19 na próxima legislatura (2013-2016), a despeito de uma campanha que contesta este acréscimo, encabeçada pelo referido diário. Anilton Freitas disse que os legisladores se manterão firmes a este propósito e expôs algumas justificativas para referendar esta deliberação. “Esta é uma decisão que compete aos vereadores, que foram instituídos pela própria população lageana para representá-la. Tenho a certeza que a grande maioria gostaria de ver abordado na Câmara os anseios da região onde vive. Como presidente do poder que é mais próximo ao povo, não posso ir contra esta vontade”, argumentou. O trabalho dos vereadores – formalmente, a cada sessão, e informalmente, 24 horas por dia atendendo as necessidades do povo – foi destacada pelo presidente. “Com 12 parlamentares temos nos esforçado ao máximo para tentar satisfazer estas demandas. A toda hora somos chamados para resolver problemas. Nós somos a quem a população recorre, mesmo que tenhamos ainda as atribuições de fazer leis, fiscalizar o Executivo, entre outras”. O presidente demonstrou convicção de que o aumento do número de vereadores somente trará benefícios. “Com 19 teremos mais força. Nossa vontade é que todo o município se desenvolva, por isso mesmo a mesa do gabinete do prefeito está lotada de moções e indicações que visam melhorar a condição de vida do cidadão lageano. Se muito ainda falta ser feito, a responsabilidade é da Prefeitura, pois somente eles têm a capacidade de pôr em prática nossas solicitações. Inclusive, muitos pedidos tiveram de ser refeitos nestes quatro anos para que o prefeito pudesse se sensibilizar e melhorar a cidade. Infelizmente, nem sempre somos atendidos”, lamentou Anilton. Nas próximas semanas, a situação do aumento do número de vagas na Câmara deverá ter um desfecho.  Enviado por Everton Gregório - Assessoria de Imprensa da Câmara de Lages COMENTÁRIO DO BLOG: Uma pena que a matéria tenha sido enviada apenas com a versão e os argumentos dos vereadores (envolvidos  diretamente no caso - que com certeza querem mais vagas para facilitar a reeleição). Onde estão os argumentos da Isabel, que não foram mandados na referida matéria? Eu duvido muito que ela tenha apenas escutado o presidente da Câmara. Mas duvido mesmo. "Tenho a certeza que a grande maioria gostaria de ver abordado na Câmara os anseios da região onde vive", diz a matéria. Então, por que não dar vez e voz às 12 mil pessoas que assinaram documento contra o aumento de vagas?