As mulheres cerronegrenses, no último sábado (10), trocaram seus lares e seus afazeres por uma tarde de divertimentos e homenagens. O evento, promovido pela Prefeitura Municipal e Epagri, aconteceu nas dependências do Salão Comunitário, reunindo em torno de 800 participantes. Palestra, teatro, sorteio de brindes e um delicioso café colonial incorporaram a programação durante a tarde. A dona de casa Suzete da Silva Cabral foi acompanhada da filha Samanta. Para ela, se trata de uma confraternização bastante importante e acima de tudo bem preparada. “Aqui a gente se diverte muito e sabe que está sendo valorizada”, comentou dona Suzete, 46 anos de idade, que reside na sede do município. Já para a filha Samanta da Silva Cabral, 17 anos, participar de um evento como esse é uma grande satisfação. “É um momento inesquecível para nós mulheres, pois é um evento feito de mulher para mulher, e que acredito eu, ser um dos maiores e mais bem preparados da serra catarinense”, elogiou a jovem. O 7º Encotro da Mulher Cerronegrense contou com o apoio da Baesa, Rio Canoas, Senar e Sicoob-Credicanoas. A vice-prefeita Sirlei Kley Varela, uma das responsáveis pela organização do evento, destacou em sua fala que a mulher brasileira vive um grande momento dentro da sociedade, tendo conseguido grandes conquistas nos últimos anos. “Hoje somos respeitadas e ganhamos força dentro da sociedade brasileira, tanto que o país é governado por uma mulher. Esse é o grande objetivo deste encontro. Comemorar as conquistas e a certeza de dias cada vez melhoras para a classe feminina”, ressaltou a vice-prefeita, prometendo muitas surpresas no encontro do próximo ano. “A cada ano a nossa responsabilidade passa ser ainda maior. Mas, com a mesma garra e coragem podemos certamente satisfazer as expectativas de todas as participantes”, finalizou. Informações Prefeitura de Cerro Negro