Ainda não há prazo definido para o início da vacinação, mas é preciso a colaboração de todos na realização do cadastramento para organização junto aos órgãos responsáveis para poder gerar o quantitativo de vacinas que serão necessárias

 

Na manhã desta segunda-feira (3 de maio), aconteceu por meio de videoconferência a reunião de alinhamento para o processo de cadastramento dos profissionais da educação para o levantamento de informações para a vacinação contra a Covid-19. A secretária da Educação, Ivana Michaltchuk, juntamente com o setor de ensino da Secretaria Municipal da Educação, participaram deste encontro organizado pelo Comitê Regional da Serra para o enfrentamento da pandemia (PlanCon), Cisama (Consórcio Intermunicipal Serra Catarinense).

 

Desse modo, será realizado o cadastramento dos profissionais da educação com idade de 18 anos ou mais que atuam nas unidades de ensino na cidade de Lages. Tendo em vista que conforme as orientações recebidas, o município também será responsável por realizar o gerenciamento das unidades públicas estaduais, privadas, instituições de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e de ensino superior. Além das entidades e organizações como Apas, Adevips, Asdef do Sistema S.

 

O cadastro é único e será preenchido pelos próprios profissionais da educação com seus dados pessoais. Todas essas informações foram repassadas às equipes diretivas das unidades que compõem o Sistema Municipal da Educação por meio de videoconferência. Assim, as equipes que atuam diretamente nas Escolas de Educação Básicas (Emebs) e Centros de Educação Infantil (Ceims) serão informadas sobre as etapas do cadastramento. “Os professores precisam ficar atentos aos links, que serão enviados pela própria Secretaria através do whatsapp com a devida identificação e cuidar para não se cadastrarem em links falsos”, alerta a secretária Ivana.

 

Ainda não há prazo definido para o início da vacinação, mas é preciso a colaboração de todos na realização do cadastramento para organização junto aos órgãos responsáveis para poder gerar o quantitativo de vacinas que serão necessárias. O processo de imunização começará por grupos em vulnerabilidade e maior quebra de barreira de proteção. Desse modo, os profissionais da Educação Infantil serão os primeiros a receber as doses das vacinas, seguido dos professores e professoras da Educação Especial.

 

Em sequência será as equipes de frente da unidade e ensino (equipes diretivas, assistentes, auxiliares de serviços gerais e cozinheiras), profissionais dos Ensino Fundamental Anos Iniciais e Anos Finais, professores e professoras do Ensino Médio e por fim, os grupos de profissionais em teletrabalho.

 

Esse movimento em prol da vacinação está acontecendo por todo o estado e desse modo, conta com o compromisso de todos os municípios catarinenses. “Recebemos boas notícias nesta manhã e precisamos realizar os cadastramentos ainda nesta semana para agilizar os processos para imunização mesmo ainda não tendo uma previsão para o início da chegada das vacinas”, comenta a secretária municipal. A vacinação dos profissionais da educação garantirá uma maior segurança no trabalho pedagógico desenvolvido nas unidades de ensino municipais, protegendo também as crianças e estudantes.

 

 

 

Texto e fotos: Gustavo Cezar Waltrick