Tíquete médio gasto nos presentes está previsto entre R$ 101 e R$ 150

O Dia dos Namorados, celebrado no próximo dia 12, deve gerar um importante crescimento nas vendas do comércio catarinense. Levantamento da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) indica que 61,5% dos entrevistados esperam resultado melhor do que o registrado na mesma data no ano passado.

A maioria, 34,5%, espera ganho de até 2,5%, outros 30,5% esperam incremento entre 2,6% e 4% e um grupo ainda mais otimista, de 30,5%, acredita em um aumento acima de 4%. O tíquete médio está previsto entre R$ 101 e R$ 150. “Esta é mais uma data importante para o comércio catarinense recuperar as perdas provocadas pela pandemia desde o início do ano passado. Depois do Natal e do dia das mães, o dia dos namorados é a comemoração que mais movimenta o varejo”, afirma o presidente da FCDL/SC, Ivan Roberto Tauffer.
 

Os presentes mais procurados são roupas e calçados (28,9%), perfume e cosméticos (19,6%), flores (12,9%) e joias e acessórios (11,7%), entre outros itens. Também foi identificado que 69,5% dos entrevistados preparam alguma promoção especial para a data. O cartão de crédito deve ser a principal forma de pagamento. O levantamento da FCDL/SC foi realizado com empresas associadas que atuam no varejo em cidades com maior potencial de consumo – IPC.